Associação Pomba da PazInstituição Particular de Solidarieadade Social
O que fazemos > Creche Familiar

Creche Familiar

Introdução
A modificação da estrutura familiar, traduzida na maior intervenção da mulher no mercado de trabalho, deve-se, entre outras causas, à necessidade de equilíbrio do orçamento familiar, ao desejo do desempenho de um papel activo na vida social ou ainda ao desejo da sua realização profissional.
Assim, a implementação de equipamentos para crianças, que não podem estar com a família durante uma parte do dia, impõe-se cada vez mais, como forma de ajuda à criança em primeiro lugar, à família e à sociedade.
É nesta perspectiva que surge a Creche como resposta social, onde a criança deve ser acolhida, amada e respeitada na sua originalidade e ajudada a crescer harmoniosamente. Dado que os primeiros anos de vida são decisivos para o seu desenvolvimento integral.
Tendo em conta esta realidade e, numa tentativa de dar resposta às necessidades da comunidade a Associação Pomba da Paz criou a valência de Creche Familiar em 1992 através do recrutamento de amas participantes na Acção de Formação "Intervir para humanizar".




Âmbito
Considera-se creche a resposta social desenvolvida em equipamento, que se destina a acolher crianças de idades compreendidas entre os 4 meses e os 36 meses, durante o período diário correspondente ao trabalho dos pais.




Creche Familiar
Conjunto de amas, residentes na mesma área geográfica e, que estejam enquadradas técnica e financeiramente, pelos serviços regionais de segurança social, santa casa da misericórdia ou instituições particulares de solidariedade social; com actividades no âmbito da primeira e segunda infâncias.




Objectivos Específicos

* Proporcionar o bem-estar e desenvolvimento integral das crianças num clima da segurança afectiva e física, durante o afastamento parcial do seu meio familiar através de um atendimento individualizado;

* Colaborar estreitamente com a família numa partilha de cuidados e responsabilidades em todo o processo evolutivo das crianças;

* Colaborar de forma eficaz no despiste precoce de qualquer inadaptação ou deficiência assegurando o seu encaminhamento adequado.




Bibliografia:
ROCHA, Maria Baião Pinto da; COUCEIRO, Maria Edite; MADEIRA, Maria Inês. in, "Creche (condições de implantação, localização, instalação e funcionamento)" Direcção-Geral da Acção Social - Núcleo de Documentação Técnica e Divulgação. Lisboa, 1996.